04 novembro 2013

Canção do Medroso

Tempo, diga uma palavra
Dê direção
Ilumine

Trabalhe no indivíduo
Mude o que é preciso
Faça algo novo

Liberte-o dos velhos traumas,
dos medos que o aprisionam
Dê coragem para admití-los
Força para encará-los

Respostas,
Luz,
Palavras de coragem,
O ser necessita, Tempo.

De volta a "lata de lixo"

Sim, cá estou de volta. A falta de grana para a terapia, onde poderia colocar todas as coisas, insatisfações para uma pessoa, me faz reativar o que estava adormecido.

Tô de volta. Sim, não sei por quanto tempo. Após um "pé-na-bunda"... Oops: "Pé-na-bunda" ? Mesmo com um clima de "Perdão, moço, estava carente, sentindo falta de algo, me confundi toda..." é um "Pé-na-bunda" ?

Quem sou eu pra julgar? Parece que tem coisas que é melhor deixar no cantinho, quietinhas e num lugar bem distante.


28 fevereiro 2012

Mas a história não é essa... será lançado nesta quinta-feira com renda revertida para instituições de caridade

José Fernando Bruno  relata casos divertidos do cotidiano em seu livro "Mas a história não é essa..." que  será lançado na Livraria Capítulo 4, no Itaim Bibi nesta quinta-feira, 1º de março.

Bruno, atual Subsecretário de Mineração do Estado de São Paulo apresenta uma coletânea de histórias vividas por ele  e por pessoas de seu convívio em diferentes épocas. Toda a renda da noite de lançamento será revertida para obras assistenciais da Paróquia de Santa Tereza, no Itaim Bibi.

Usando o dia a dia como pano de fundo, o livro reúne 34 “causos” que se desenrolam de forma surpreendente e geram boas risadas. “Não é um livro comercial, mas espero que venda bem no lançamento para ajudar as instituições. Quero que todos se divirtam e que desse encontro saiam boas histórias”, comentou Fernando Bruno.

No dia 2 de março, o autor lança o livro em São João da Boa Vista, sua cidade natal, na sala da academia de letras. Na ocasião, toda a renda será destinada à Casa de Atendimento ao Adolescente e à Criança com Humanismo (CAACCH).



Serviço
Data: 01/03/2012
Horário: 19h30 às 23h
Local: Livraria Capítulo 4 – Rua Tabapuã, 830 – Itaim Bibi

Data: 02/03/2012
Horário: 19h30 às 23h
Local: Sala da Academia de Letras de São João da Boa Vista – Praça Rui Barbosa, 41

09 abril 2011

Dotti e Lima e os desafios na medida certa da boa educação

Questionar a falta de respeito das pessoas e apresentar algumas possibilidades de melhora, assim Jerson Dotti e Zedu Lima procuram mostrar fatos, exemplos, tipos humanos, reações em "Na Medida Certa da Boa Educação".

Uma leitura simples, fácil e bem humorada. Os dois autores trabalham com estruturas simples e dicas valiosas para pessoas comuns. Porque não abordar com leveza sobre a convivência no transporte público, academia, escola e em outros lugares de uso coletivo?

Exemplos de pequenos gestos, desprezado por muitas pessoas no dia-a-dia como o "Boa Tarde", "com licença", "desculpa", deram lugar aos empurrões, caras emburradas, pressa e o fone na orelha para "isolar-se" do mundo externo.

Capitulos curtos, com dicas valiosas para uma boa educação. Vale a pena a leitura de uma obra tão simples, escrita por duas pessoas visionárias e decidiram partilhar alguns fatos diários e sugestões para aprimorá-los com o objetivo de melhorar um pouco as relações interpessoais.


Serviço:

Na medida certa da boa Educação - uma visão bem-humorada e na medida para enfrentar o mundo de hoje

Jerson Dotti, Zedu Lima

ISBN 978-85-7855-117-9

Editora Livrus

24 março 2011

Ponte Aérea e as crônicas do cotidiano contadas por Luis Cosme Pinto

Cronicas de relações cotidianas, vida urbana e as descrições sobre o dia-a-dia de quem vive entre o Eixo Rio- São Paulo. Assim é o novo livro do jornalista Luis Cosme Pinto, "Ponte Aérea", onde abre o primeiro capítulo com os flagrantes do cotidiano de uma metrópole intensa e agitada como São Paulo.

Desamores,decepções, aventuras, viagens e festas fazem parte da obra do jornalista. Uma leitura deliciosa, proveitosa. Um livro para ler em pouco tempo e voltar a leitura quantas vezes for possível.

Cosme reúne histórias interessantes, seja nos seus trabalhos como jornalista ou até aqueles casos onde um cidadão comum passa despercebido e um escritor com um olhar aguçado consegue descrever com riqueza de detalhes.

Situações cômicas , engraçadas; tristes e reflexivas. Logo , "Ponte Aérea" é uma obra para se distrair com situações do cotidiano de todas as pessoas. Ao ler as crônicas de Luis Cosme, parece ser fantasia.Mas são histórias reais e acontecem de verdade.

Ficha Técnica

Ponte Aérea - Coleção Novos Talentos
páginas: 224
Preço: R$ 29,90
Formato: 14x21
ISBN :978-85-7679-415-8

25 fevereiro 2011

Dois lançamentos literários no Mercearia São Pedro


Mário Bortolotto, ator, músico e dramaturgo e Marcelo Rubens Paiva ,escritor e cronista do jornal "O Estado de São Paulo" escolheram o Bar Mercearia São Pedro, considerado o “centro etílico literário” de São Paulo, para a noite de autógrafos conjunta dos livros “Dj - Canções pra Tocar no Inferno” e “Ua:Brari” nesta segunda-feira, 28, às 22h00.


Bortolotto, em seu primeiro livro, escolheu o universo musical para compor 25 contos inspirados em canções, que vão de surf-ballads, passando por clássicos do rock mundial, até chegar a pérolas do blues, algumas já anunciadas nos títulos, outras apenas insinuadas em textos mergulhados na cultura Beatnik.


Os contos estão recheados de porres homéricos, mulheres, brigas, muito sexo e o humor ácido do escritor. Já em “Ua: Brari”, Marcelo Rubens Paiva mistura os dramas de cada personagem à história recente do Brasil.


Serviço

Lançamento dos livros “Dj – Canções pra Tocar no Inferno” e “Ua: Brari”
Data: 28/02 – a partir das 22h
Local: Bar Mercearia São Pedro (R. Rodésia, 34 – Vila Madalena)

16 fevereiro 2011

Inscrições para o Premio Passo Fundo Zaffari & Bourbon de Literatura vão até 15 de junho


Abertas as inscrições para a sétima edição do Prêmio Passo Fundo Zaffari & Bourbon de Literatura. Escritores e editoras têm até dia 15 de junho para inscreverem as obras.

Nesta edição a premiação será de R$ 150 mil, valor 50% maior que o da edição anterior. Podem ser inscritos romances publicados entre 20 de janeiro de 2009 e 31 de maio deste ano. O ganhador será conhecido dia 22 de agosto, na abertura da 14ª Jornada de Literatura de Passo Fundo. Chico Buarque de Holanda e Mia Couto, entre outros, venceram e foram receber o prêmio em Passo Fundo.

As inscrições já estão abertas e a premiação, uma das mais prestigiadas da cena literária brasileira, é destinada ao melhor romance de língua portuguesa publicado nos últimos dois anos, no período entre junho de 2009 e 31 de maio de 2011.

O vencedor será anunciado dia 22 de agosto, na abertura da 14ª Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul. Cada candidato pode inscrever apenas um romance. A novidade neste ano é o valor do prêmio, que saltou de R$ 100 mil para R$ 150 mil.

Escritores ou editoras devem enviar seis exemplares do livro, acompanhados de breve currículo do autor e da ficha devidamente preenchida. Todas as informações sobre o concurso estão disponíveis no site www.jornadadeliteratura.upf.br.

Além de escritores brasileiros, o Prêmio Zaffari & Bourbon tradicionalmente recebe obras de autores de outros países de língua portuguesa, como Moçambique e Portugal, e também de nações fora da comunidade lusófona, como Inglaterra e Tailândia.

Instituído a partir de 1999, o prêmio foi criado pela Prefeitura Municipal de Passo Fundo por meio da Lei nº 3.366, de 28 de agosto de 1998. É uma parceria entre o poder público e a iniciativa privada, tendo como finalidade promover a cultura e homenagear os melhores romancistas contemporâneos de língua portuguesa, além de estimular a leitura de suas obras e o debate crítico sobre elas.

Na primeira edição, o prêmio foi conquistado por Sinval Medina, com a obra Tratado da altura das estrelas. Na seguinte, em 2001, dois autores dividiram a premiação: Antônio Torres (Meu querido canibal) e Salim Miguel (Nur na escuridão). O Zaffari & Bourbon teve ainda como vencedores Plínio Cabral - 3ª edição, 2003, com o livro O riso da agonia; Chico Buarque de Hollanda - 4ª edição, 2005, com o romance Budapeste; e Mia Couto – 5ª edição, 2007, com a obra O outro pé da sereia. Na última edição, de 2009, o vencedor foi Cristovão Tezza, com o livro O filho eterno.

Confira:
Site: http://www.jornadadeliteratura.ufp.br/2011/
Blog: http://www.jornadadeliteratura.upf.br/2011/index.php/blog.html
Twitter: http://twitter.com/jornadanacional

10 fevereiro 2011

Olga Gil: Postura e observação nas poesias de "Aurora do Tempo"


Descrever o humano, suas vontades, desejos, dores e "ressacas morais". Assim é "Aurora do Tempo" novo livro de poesias da escritora Olga Gil, que será lançado neste dia 15/02,terça-feira, na Livraria da Vila, em São Paulo.


Gil nasceu em São Paulo,formada em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (USP), Cursou Pedagogia , quando morou na cidade do Rio de Janeiro e fez Mestrado em Educação na Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ). Morou em Paris, Nova York e Caracas.


86 poemas divididos em quatro capítulos. Olga leva o leitor a um passeio por flashes de memórias, emoções contidas, encontros reais e imaginários, amores vividos ou sonhados, sensações delírios, paixões, desejos, verdades e fantasias.


Palavras fortes. A autora consegue descrever bem o momento da celebração de dois seres e a mistura de sentimentos de amor e medo, busca e desesperança, perda e tentativa no primeiro capitulo.


Uma obra escrita com uma profunda sensibilidade. Ao mesmo tempo que alcança a alma, induz a reflexão sobre os tempos atuais repletos de dificuldades, desigualdades e injustiças.


Ficha Técnica


"Aurora do Tempo"

Editora: Segmento Farma

Formato: 13,5 cm x 21 cm

114 paginás

R$ 25,00

ISBN


Coquetel de lançamento:

Livraria da Vila - 15/02/11 - das 18h30 ás 21h30

Rua Fradique Coutinho, 915 - Vila Madalena

(11) 23814-5811

Manobristas no Local