16 fevereiro 2011

Inscrições para o Premio Passo Fundo Zaffari & Bourbon de Literatura vão até 15 de junho


Abertas as inscrições para a sétima edição do Prêmio Passo Fundo Zaffari & Bourbon de Literatura. Escritores e editoras têm até dia 15 de junho para inscreverem as obras.

Nesta edição a premiação será de R$ 150 mil, valor 50% maior que o da edição anterior. Podem ser inscritos romances publicados entre 20 de janeiro de 2009 e 31 de maio deste ano. O ganhador será conhecido dia 22 de agosto, na abertura da 14ª Jornada de Literatura de Passo Fundo. Chico Buarque de Holanda e Mia Couto, entre outros, venceram e foram receber o prêmio em Passo Fundo.

As inscrições já estão abertas e a premiação, uma das mais prestigiadas da cena literária brasileira, é destinada ao melhor romance de língua portuguesa publicado nos últimos dois anos, no período entre junho de 2009 e 31 de maio de 2011.

O vencedor será anunciado dia 22 de agosto, na abertura da 14ª Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul. Cada candidato pode inscrever apenas um romance. A novidade neste ano é o valor do prêmio, que saltou de R$ 100 mil para R$ 150 mil.

Escritores ou editoras devem enviar seis exemplares do livro, acompanhados de breve currículo do autor e da ficha devidamente preenchida. Todas as informações sobre o concurso estão disponíveis no site www.jornadadeliteratura.upf.br.

Além de escritores brasileiros, o Prêmio Zaffari & Bourbon tradicionalmente recebe obras de autores de outros países de língua portuguesa, como Moçambique e Portugal, e também de nações fora da comunidade lusófona, como Inglaterra e Tailândia.

Instituído a partir de 1999, o prêmio foi criado pela Prefeitura Municipal de Passo Fundo por meio da Lei nº 3.366, de 28 de agosto de 1998. É uma parceria entre o poder público e a iniciativa privada, tendo como finalidade promover a cultura e homenagear os melhores romancistas contemporâneos de língua portuguesa, além de estimular a leitura de suas obras e o debate crítico sobre elas.

Na primeira edição, o prêmio foi conquistado por Sinval Medina, com a obra Tratado da altura das estrelas. Na seguinte, em 2001, dois autores dividiram a premiação: Antônio Torres (Meu querido canibal) e Salim Miguel (Nur na escuridão). O Zaffari & Bourbon teve ainda como vencedores Plínio Cabral - 3ª edição, 2003, com o livro O riso da agonia; Chico Buarque de Hollanda - 4ª edição, 2005, com o romance Budapeste; e Mia Couto – 5ª edição, 2007, com a obra O outro pé da sereia. Na última edição, de 2009, o vencedor foi Cristovão Tezza, com o livro O filho eterno.

Confira:
Site: http://www.jornadadeliteratura.ufp.br/2011/
Blog: http://www.jornadadeliteratura.upf.br/2011/index.php/blog.html
Twitter: http://twitter.com/jornadanacional

Nenhum comentário: